Um sonho bonito

Era uma vez uma rapariga, chamada Luna, de doze anos que vivia em África perto de uma savana, numa aldeia muito pobre chamada Zamburgo. Essa menina não tinha uma escola para aprender, não havia luz para poder ter um computador, televisão, jogos ou telemóvel. Vivia numa casa muito pobre e tinha quatro irmãos, eram eles os únicos meninos da aldeia.
Luna, quando se ia deitar sonhava sempre em ter uma casa grande cheia de coisas bonitas, poder viajar e conhecer outros meninos. Quando acordava, ficava triste por continuar a viver naquela aldeia.
Até que um dia, um senhor chamado Josué que era cego, percebeu que ela estava triste porque não ouvia o seu riso pelas ruas.
Então chamou-a para lhe perguntar porque é que ela estava triste. Luna contou-lhe o que se passava todas as noites.
Josué pegou-lhe na mão e foram dar um passeio e pelo caminho, o senhor de oitenta anos ia falando com ela. Disse-lhe que quando ele era pequeno, também teve esse sonho, mas ao longo do tempo foi percebendo, que aquele era o seu mundo, um mundo bonito. Pediu-lhe para olhar à sua volta, para ouvir os pássaros, a água a cair, o vento a bater nas árvores, e sentir o sol a aquecer-lhe o corpo e também para pensar que quando chegasse a casa estariam lá os irmãos e os seus pais para lhe dar carinho.
Nessa noite, Luna prometeu a si mesma que mesmo que fosse estudar para fora, iria sempre voltar aquele lugar tão bonito.
Ana Pernicha 6ºB

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Recontos - o conto tradicional narrado pelos alunos do 6ºA