Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

A Minha Escola de Ontem, e a Minha Escola de Hoje…

O mundo científico e cultural está em constante mudança e esta supõe, simultaneamente maior complexidade. É por isso que, utilizando as ideias estereotipadas homem/escola e mulher/escola, verificamos que o ensino na das décadas de 60 e 70 era menos complexo do que o ensino que hoje existe, e eu falo por mim, pelo meu percurso escolar que nada tem a ver com aquele que hoje é feito. Eu ainda sou do tempo (1970-1975) onde quem mandava era a velha senhora (entenda-se ditadura); todas as manhãs, quando o professor entrava na sala, nós éramos obrigados a levantar-nos, dizíamos “Bom dia Sr. Professor” e só nos sentávamos quando ele mandasse. (…) Nesta altura, havia a escola dos rapazes e a escola das raparigas, as meninas brincavam mais a saltar à corda, a jogar à macaca ou às escondidas e com bonecas. Os meninos jogavam à bola, às escondidas, ao agarra, ao pião e saltavam ao eixo. Os rapazes não se podiam misturar com as raparigas, e havia até um muro a separar a escola dos rapazes e das rap

Rimando com os nomes...

Turma de EPE de Vila Alva Eu sou a Beatriz Pinto as unhas com verniz. Eu sou a Catarina Quero ser bailarina. Eu sou a Rita E sou muito bonita. Eu sou o Dinis Apanhei uma perdiz Eu sou o Leandro E não sou malandro. Eu sou a Leonor E sou uma flor. Eu sou o Diogo Gosto do jogo. Eu sou a menina Joana Tenho uma boneca mexicana. Eu sou a Joana Moura Varro a casa com a vassoura. Janeiro de 2009